CONTO — Intimidade

INT

— Ou, Gustavo, tem uma barata ali.

— Mata.

— Não, porra, tô pelada, levanta aê.

— Tô ocupado.

— Larga de ser babaca.

— Tô ocupado, caralho.

— Ocupado com o quê?

— Com o meu pau, tô me masturbando.

— Ah, vai se foder, levanta e mata logo essa vagabunda!

— Deixa eu gozar.

— Ela vai sair do meu campo de visão.

— Tô quase, guenta aí.

— Essa porra vai voar, Gustavo, anda logo com isso! Tá rindo de quê? Continuar lendo

Anúncios